Dicas

Dica Para Recém-formados

Dica Para Recém-formados

evenit

novembro 5th, 2014

0 Comentários

Terminou a faculdade, quer dar um ‘up’ no currículo e mostrar as empresas que você tem muito a acrescentar? Preste atenção nessas dicas.

Terminou a faculdade, pegou o diploma, engatou a 5° marcha e partiu como um trem bala para abraçar o mundo dos negócios, mas no meio do caminho acabou sendo travado pela velha frase ‘precisamos de alguém com experiência’. Sentiu-se frustrado? Será que você, assim como milhares de iniciantes, pensou que o diploma e uns meses de estágio já eram suficientes? Sente-se aqui e vamos bater um papo sobre essa difícil etapa da vida de um recém-formado.

Quando você ouve das empresas que elas necessitam de alguém com mais experiência você, assim como eu, deve se perguntar ‘mas como terei experiência, se elas não me dão a oportunidade de mostrar o quanto posso acrescentar a ela?’. Já ouvi isso de alguns amigos que saíram indignados de processos seletivos, e sem esperança serem aprovados em qualquer outro processo.

Dica Para Recém-formados

Não pense que essa fase é fácil. Dificilmente você será introduzido no mercado na área de sua preferência, e certamente você se interessará por outras áreas ao conhecê-las. É uma fase de descobertas, de dar uma resposta àquela velha pergunta que faziam: ‘o que você quer ser quando crescer?’.

Entenda que quando você entra na faculdade, já tem certeza de metade de sua resposta, ou não, pois muitos universitários descobrem sua vocação na metade da graduação, e trocam seus cursos para ir em busca do que realmente querem fazer pelo resto de suas vidas. A outra metade é descoberta depois da graduação, na hora de escolher, dentre um leque de opções oferecidas, a área em que vai se especializar.

Mas, para quem pensa que graduação é tudo, engana-se. Existem outras atividades que podem dar um ‘up’ no seu currículo e chamar a atenção dos recrutadores a ponto de esquecerem os profissionais experientes. Pensando nisso, reuni seis dicas importantes para quem está nesta fase pós-faculdade e não quer ficar parado.

– Participe dos programas de trainee.

Um dos primeiros passos para se mostrar ao mundo dos negócios, geralmente acontece com os programas de trainees oferecidos pelas empresas. Essa etapa deve ser encarada como uma vitrine pessoal, devido à sua ‘exposição’ ao mercado de trabalho. Este é o momento de fazer o seu marketing pessoal através da qualidade dos serviços prestados, da sua capacidade de aprender e querer crescer, de se mostrar disposto a ajudar a todos. É a fase de mostrar que você é o jogador que falta no time titular de sua empresa.

– Não encare a graduação como um diferencial.

Há muito tempo a graduação deixou de ser um diferencial, e passou a ser necessário no currículo. O que vai te diferenciar dos outros candidatos na hora de conseguir uma vaga é o que mais você buscou para somar a sua graduação, seus cursos e atividades extras. Um curso de línguas, atividades extras como escrever e publicar artigos, e até mesmo os cursos à distância são ótimas opções para quem quer fazer a diferença.

– Não se acomode, vá se especializar.

Dica Para Recém-formados

Já vi muitos amigos que, depois da graduação, simplesmente utilizaram daquela velha filosofia humana do ‘depois eu faço’, e nunca fizeram, pois emendaram com o ‘ah, eu deveria ter feito, agora eu não tenho mais tempo, nem dinheiro’, e viviam reclamando ‘eu não consigo um emprego melhor, pois existem currículos melhores que o meu’. Mas diz ai, você é um desses? E o que você fez ou faz pra mudar? Não entre nessa mania do brasileiro de deixar pra depois e acomodar. Vá se especializar, faça uma pós-graduação e se torne o famoso ‘profissional completo’ capaz de inovar, não só a empresa, mas a própria carreira e fazer diferença no mercado. Mas entenda que isso só depende de você.

– Desapegue-se e faça um intercâmbio.

Antigamente ouvia de muitos jovens que intercâmbio era algo inacessível para a metade da população. Hoje em dia as distâncias de encurtaram tanto a ponto de alguém chegar e dizer ‘vou aos Estados Unidos e daqui a uma semana estou de volta’. O governo tem contribuído muito através dos programas de intercâmbio. Além disso, as universidades têm montado parceiras com faculdades do exterior e oferecido cursos com módulos internacionais, dando aos universitários a oportunidade de estudarem parte de seus cursos de pós-graduação em outro país. Essa vivência internacional, acredite, soma pontos em seu currículo, que chega a ser difícil de mensurar.

– Acredite: Conhecimento em excesso não faz mal a saúde.

Já ouvi por aí que tudo em excesso faz mal, mas eu discordo. Existe algo que, em excesso, só faz bem a saúde e ao seu intelecto, o conhecimento. Abasteça sua mente, dê-se uma injeção de cultura através de livros, filmes, revistas, artigos, escrevendo, lendo e conversando. Uma coisa que eu adoro fazer, além do que já disse, é conversar com pessoas de ramos completamente diferentes do meu. Pessoas com bagagem e vivências que possam acrescentar e me mostrar o mundo delas através de suas palavras, e que acabem fazendo com que os conhecimentos se somem. Os mestres de faculdade eram meus alvos prediletos, adorava deixar as explicações de lado e ouvir suas histórias de vida.

– Utilize as redes sociais ao seu favor.

Uma ferramenta tão gigante e o melhor, totalmente grátis, a internet se tornou um dos maiores aliados na hora de fazer o marketing pessoal. As redes sociais, ao possibilitar a conexão com o mundo, são ferramentas que, quando utilizadas de maneira correta e ao seu favor, pode ajudá-lo a chegar mais perto das empresas. Sejam por sites de empregos, currículos online, sites de relacionamento ou até mesmo blogs, essas redes são um importante meio para a divulgação de seus trabalhos e habilidades.

– Seja um articulista

Você vai dizer que estou tentando fazer uma propaganda sobre meu hobbie predileto, mas não. Confesso que escrever me fazer viajar por um universo paralelo, liberta minha imaginação, me faz sentir melhor, mas muito além de uma terapia para a alma, articular é buscar e disseminar conhecimentos.

Escrever estimula a pesquisa, te faz querer saber mais sobre tudo, abre sua visão e sua mente. Faz com que você encare o mundo e as situações empresariais de uma maneira mais clara. Estimula a escrita e principalmente a fala e o poder de persuasão.

Mas daí vem a pergunta, e o currículo? A credibilidade aumenta, e seu potencial fica em evidência através dos seus textos, com sua capacidade de expor e organizar ideias, e convencer o leitor da importância do que está sendo disseminado em seus textos.

Portanto, caro colega, não espere ouvir das empresas que você não tem experiência, vá em busca dos conhecimentos e vivências que vão acrescentar em seu intelecto. As oportunidades de crescer existem para todos, mas cabe a cada um se fazer encaixar nelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Confirme os Caracteres (por favor) - [Odiamos SPAM]